Turismo: Curitiba/ PR – Brasil

Curitiba/ PR – Brasil

Jardim Botânico - Foto: A/D

● VEJA MAIS FOTOS DESTE DESTINO

HISTÓRIA

Os primeiros habitantes da região datam da Era Cristã. No entanto, por volta do século XVII, quando os portugueses chegaram em busca de ouro, as localidades do planalto curitibano eram habitadas por índios da tribo Tingui da nação Tupi guarani. Inclusive, o termo Curitiba teria origem tupi guarani Kur’yt’yba (kur – pinhão, yt – árvore e yba – sufixo para grande), significando pinhal ou pinheiral.

Em 1654, foi fundado o povoado de Nossa Senhora da Luz e Bom Jesus dos Pinhais. Já no século XVIII, a mineração entrou em decadência e o comércio e o criatório bovino assumiram o papel de desenvolver a região.

Em 1820, a Vila passou a se chamar Nossa Senhora dos Pinhais de Curitiba e em 1842, elevada à cidade. Em 1853, foi criada a província do Paraná. No ano seguinte, em 1854, já com o nome de Curitiba, tornou-se capital do Estado.

No final do século XIX, o governo provincial promoveu a colonização através de imigrantes europeus, que trouxeram melhorias para o local, como a construção da estrada de ferro da região e o início da industrialização.

No século XX, após a Segunda Guerra Mundial, o progresso da cidade deveu-se, basicamente, à expansão do café.

Hoje, a cidade é o principal produtor agrícola brasileiro e o quarto maior centro industrial do país.

Curitiba é a capital do Estado do Paraná e está localizado na região sul do Brasil.

DADOS GERAIS

Estado: Paraná
População: 1.751.907 habitantes
Altitude: 945 m
Código de área: 41
Tensão elétrica: 127 V
Clima: subtropical.
Temperatura: média de 21ºC no verão e 13º no inverno
Fuso Horário: Horário de Brasília (-3 horas em relação ao Meridiano de Greenwich)

ATRATIVOS TURÍSTICOS

ópera de Arame/Pedreira Paulo Leminski - Foto: A/D

Curitiba é reconhecida no Brasil e no mundo pela sua preocupação com a sustentabilidade, a cidade ostenta um dos melhores índices de qualidade de vida do país.

Isso se reflete na forma como o turismo é vivenciado, afinal, são mais de 26 parques e bosques na cidade, os principais: a Praça Tiradentes; o Parque Barigui; o Parque Tingui; o Parque Tanguá; o Parque São Lourenço; o Passeio Público; o Bosque Alemão; o Jardim Botânico e o Bosque do Papa/ Memorial Polonês.

Para além das áreas verdes da cidade, Curitiba também valoriza os usos e costumes deixados pelos imigrantes, portugueses, italianos, ucranianos, alemães, poloneses, entre outros, importantes atores na construção da identidade local, entre os atrativos com esse interesse, estão: o Memorial Árabe; o Memorial Polonês e o Memorial Ucraniano.

Podemos citar ainda outros importantes atrativos, como: a Ópera de Arame/Pedreira Paulo Leminski; a Rua das Flores; a Rua 24 Horas; o Museu Ferroviário; o Teatro Paiol; a Estação Rodoferroviária/M. Municipal; o Teatro Guaíra /Universidade Federal do Paraná; o Centro Cívico; o Museu Oscar Niemeyer; a Universidade Livre do Meio Ambiente; a Colônia Italiana Santa Felicidade e a Torre Panorâmica/Brasil Telecom.

SERVIÇOS TURÍSTICOS

Barreado - Foto: A/D

Onde comer:

A culinária curitibana é uma miscelânea de influências indígenas e europeias. Tanta riqueza à mesa pode ser conferida nos mais de 7 mil bares e restaurantes, segundo a ABRASEL-PR (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), espalhados pela cidade.

Assim, separamos algumas sugestões, como o Madalosso, localizado no bairro de Santa Felicidade, de forte influência italiana, esse é o maior restaurante da América Latina, com 7.671 metros quadrados de área construída, e estrutura para atender 4.645 pessoas simultaneamente. Com diversas opões de restaurantes especializados na cozinha internacional, escolhemos o Durski, considerado o melhor restaurante ucraniano do país, mas também vale conferir o Cantinho do Eisbein (alemã) e o L'Épicerie (francesa). Já, se a pedida é uma tradicional costela de Curitiba, o melhor point é o Costelão do Gaúcho.

Comida típica: o pinhão, semente da Araucária, é, sem dúvida, o ingrediente mais presente nas receitas tipicamente curitibanas. Ele pode ser cozido tanto em água como nas fogueiras ou na brasa. Pode ser feita também a farinha de pinhão que será utilizada em bolos, pães, tortas, etc. Mas, se falarmos em um prato que represente Curitiba, o escolhido é o barreado, cozido de carne e ervas feito em panela de barro barreada (vedada), acompanhado de farinha de mandioca, banana e rodelas de laranja. Para saborear o prato uma boa opção é o restaurante Estrela da Terra, especializado na cozinha típica do Paraná.

Onde ficar:

Curitiba possui 242 estabelecimentos de hospedagem, 19.083 mil leitos disponíveis e uma capacidade de hospedagem de 26.910 pessoas, segundo dados do IBGE, 2011.

Grande parte das acomodações da cidade estão localizadas no Centro e em Batel, o que facilita pra quem quer ver os jogos da Copa 2014 na capital paranaense, pois os hotéis localizados nesses bairros são próximos a Arena da Baixada, que fica no bairro vizinho, Água Verde.

Onde comprar:

Para quem gosta de artesanato vale a pena ir à Feira de Artesanato de Curitiba, também conhecida como Feira do largo da ordem ou Feirinha de domingo, com mais de 2.000 expositores. Um espaço multicutural, que conta com: artesanato (esculturas, pinturas, bijuterias, lembrancinhas da cidade, entre outras especialidades), comidas (destaque para o acarajé, o pierogi, as empanadas argentinas, os tacos mexicanos, entre outros lanches), livros, bolsas e roupas, etc

Transporte:

Aeroporto:
Aeroporto Internacional Afonso Pena
(41) 3381-1515

Ônibus: os ônibus ligam o aeroporto ao centro da cidade. A cidade também possui uma linha especial de turismo, com apenas uma passagem é possível conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Esta linha tem ponto inicial na Praça Tiradentes (procure consultar horários e tarifa da passagem no site da prefeitura municipal)

Táxi: A companhía de táxi que opera no aeroporto de Curitiba é Cooperativa Aerotaxi (fone. (41) 3381 1343).

Aluguel de Carro: existem balcões de locação de automóveis das companhias (Thrifty, Unidas, Locaralpha, Movida, Localiza e Avis).

Mais informações sobre transporte em Curitiba: Clique Aqui

Outros serviços:

Disque Turismo (Tel: 3352-8000)

Postos de informação turística:
ACISF: Santa Felicidade (Casa dos Contos)
2ª a 6ª, das 9h às 18h; sábado, das 14h às 20h; domingo, das 11h às 17h
Av. Manoel Ribas, 5.480
(41) 3273-4605

Postos de câmbio: ficam localizados no Aeroporto Internacional Afonso Pena e nos Shoppings de Curitiba, grande parte dos quais, ficam localizados no Centro.

Fonte: Bruna A. Medeiros, da redação OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página